Ação

As atividades da APPSP passam, por um lado, pela divulgação das boas práticas em Saúde Pública e, por outro, pelo apoio à investigação. Todo o trabalho desta instituição é feito em parceria com várias instituições nacionais e internacionais.


Livro: Resumo da história de 25 anos da APPSP

A APPSP editou o Resumo da história de 25 anos da APPSP. Neste livro estão retratados os momentos mais relevantes da Associação entre 1984-2009.

Sobre o lançamento, a Prof. Amélia Leitão faz o seguinte comentário:

A edição do livro sobre os primeiros 25 anos da Associação Portuguesa para a Promoção da Saúde Pública, que em boa hora foi levada a cabo pela actual Direção, é uma forma de homenagear o Professor Arnaldo Sampaio e toda uma geração de profissionais que com ele embarcaram nessa aventura e, posteriormente, a mantiveram em curso.

Como uma das sócias fundadoras, testemunhei e partilhei o entusiasmo do Professor Arnaldo Sampaio aquando da criação da Associação Portuguesa para a Promoção da Saúde Pública em 1984.

Passados que são mais de 30 anos é muito gratificante constatar que as gerações seguintes de profissionais de saúde continuam a celebrar, anualmente com um Encontro e bianualmente através da atribuição do Prémio Arnaldo Sampaio, o nome do fundador da Associação Portuguesa para a Promoção da Saúde Pública.

  • Divulgação

9th European Public Health Conference – All for Health, Health for All

No passado mês de Novembro de 2016 realizou-se a conferência anual da EUPHA - 9th European Public Health Conference – All for Health, Health for All, na cidade de Viena.

O programa desenrolou-se entre sessões plenárias, mesas redondas temáticas, workshops, pitch presentations e apresentações de pósters. Foram várias as áreas abordadas ao longo dos quatro dias de congresso. Destacaram-se, no entanto, as políticas e práticas de promoção da saúde; as doenças transmissíveis e não transmissíveis, e seus determinantes; iniquidades em saúde; segurança do doente e resistências a antimicrobianos; e saúde dos migrantes.

Permitimo-nos destacar três sessões plenárias: a apresentação da “Declaração de Viena” – 30 anos após a Carta de Otawa, onde os seus os cinco princípios foram reforçados; a sessão “Obter ganhos em saúde em sistemas fragmentados” e, por último, a sessão subordinada ao tema "Todos pela saúde: a contribuição da investigação para a saúde a nível planetário". Foram repetidamente debatidas e questionadas as formas de se melhorar a participação dos cidadãos e academia nas decisões em saúde, e foram dadas algumas sugestões para uma melhor advocacy para Saúde Pública.

A Saúde Pública “Portuguesa” esteve muito bem representada, quer em termos de número de participantes quer, principalmente, pela participação ativa no programa - ao nível da moderação e da apresentação de trabalhos, quer em sessões plenárias, quer na comunicação de trabalhos de investigação.

Em 2017 a conferência terá lugar em Estocolmo, de 01 a 04 de Novembro e terá como tema “Sustaining resilient and healthy communities”. A submissão de abstracts já se encontra aberta e termina no dia 01 de Maio 2017. Para mais informações consulte o website em https://ephconference.eu

  • Divulgação
  • Parcerias

Parcerias

Com o intuito de divulgar as boas práticas, a Associação tem vindo a colaborar em iniciativas de educação para a saúde promovidas por outras organizações e a participar na criação de publicações e vídeos, bem como na organização de reuniões nacionais, regionais e locais. Foi o caso das V Jornadas de Saúde Pública, em 1990, sob o tema “Controlo da Doença na Comunidade” e das VI Jornadas de Saúde Pública, em 1993, sob o tema “O Envelhecimento ou a arte de se manter jovem”. Colaborou também com a Societé Française de Santé Publique num projeto que teve como objetivo identificar temas de saúde prioritários para a União Europeia. Colaborou, ainda, na organização da European Public Health Conference, em Lisboa, em parceria com a European Public Health Association.

  • Divulgação
  • Parcerias

Boletins

A APPSP dedica parte da sua atividade à divulgação de boas práticas e resultados em Saúde Pública. Entre 1990 e 1995 foram publicadas 16 edições.

  • Divulgação

Subsídios atribuídos

A APPSP apoia a investigação em Saúde Pública, através da atribuição de diversos subsídios de investigação:

“Evolução da visão e motricidade fina na criança dos seis meses aos seis anos” – Paula Maria Silva Sousa

“Estudo prospectivo sobre morbi-mortalidade por acidentes de viação no concelho de Caldas da Rainha” – Jorge Manuel de Sousa Nunes

“Utilização dos serviços de saúde pelos idosos. Principais factores condicionantes. O papel dos autocuidados” – Adriano Natário

“Factores genéticos nas hiperlipidemias em Portugal. Abordagem para o seu conhecimento e intervenção” – Maria do Carmo Martins

“Adolescência e comportamento de risco. Estudo do grupo de adolescentes que frequentam o Centro de Saúde José Domingos Barreiro” – Maria Helena Regalo da Fonseca

“Diagnosticar e melhorar os conhecimentos e atitudes face à droga” – Ana Cristina Ferreira Pecante

“Promoção da saúde ambiental numa área urbanizada da cidade de Lisboa” – Maria Isabel Neto

“Hábitos tabágicos numa população de adolescentes escolarizados” – Fernando José Lopes

“Higiene, segurança e saúde nas empresas gráficas do concelho de Almada. Avaliação com vista à promoção da saúde dos trabalhadores e empregadores” – Carlos Manuel Matias Dias

“Estudo epidemiológico e genético do síndrome de morte súbita, inexplicada e indeterminada, no lactente (MSIL) em Portugal” – Pedro Miguel Pereira

“Caracterização do consumo alimentar da população açoreana. Avaliação quantitativa dos nutrientes” – Fátima Porto

“A utilização dos serviços de saúde pelos idosos. Principais factores condicionantes” – Adriano Natário

“Avaliação funcional e multidimensional de idosos – validade e fiabilidade de uma versão portuguesa do Older American Resources and Services (OARS) Multidimensional Assessment Questionnaire (MFAQ)” – Carlos Jorge Cardoso Valente

“Promoção do aleitamento materno” – Maria Daniel Ferreira de Almeida

“Contribuição da enfermagem na auto-promoção da saúde das populações” – Marta Lima Basto

“Promoção da saúde da população activa – Projecto de investigação e intervenção nas condições higio-sanitárias e das ementas dos refeitórios das empresas das freguesias de Ramalde e Aldoar” - Nuno Miguel Jazelino Costa

  • Investigação